Missão e Reconciliação são os desafios

Outubro 2013

Missão e Reconciliação são os desafios

Nesta edição de “Moinhos ao Vento” quero partilhar com os leitores e paroquianos a minha expectativa para neste novo ano pastoral, que iniciamos neste mês de Outubro. Depois das longas férias, que muitos puderam desfrutar e outros devido às dificuldades económicas ou doenças não puderam usufruir, espero que possamos agora retomar com uma nova expectativa e que possamos ser uma comunidade que vise sempre ser sinal de fé, esperança e caridade em Cristo Jesus.
Apesar das tribulações e dos novos desafios que agitam a nossa fé, o importante é não nos esquecermos que somos humanos e filhos de Deus. É preciso que todos reconheçam na pessoa humana, a dignidade de Deus como sua imagem e semelhança. Só, deste modo, respeitando os outros e amando-os se promove a paz. As bases de um futuro sereno e de esperança para as novas gerações assentam na construção de uma comunidade e numa sociedade mais humana.
Fazendo uma reflexão breve, chego à conclusão que as principais palavras de renovação que devemos ter na nossa mente são: amor e perdão. São dois sentimentos distintos, mas que dependem um do outro para que haja esperança e paz, neste processo de renovação, principalmente quando queremos caminhar com Jesus.
O perdão é muito importante, pois sem ele não há amor. Analisemos todas as passagens da nossa vida! A falta de perdão por parte de outros pode ter-nos magoado e deixado traumas. É hora de nos limparmos e de nos purificarmos de qualquer tipo de sentimento negativo, mesmo que ainda possamos ter algum ressentimento no cantinho do coração, para prosseguirmos fortalecidos e obtermos as bênçãos que Deus tem preparado para nós.
A falta do nosso perdão, para com o próximo, deve ser analisada cuidadosamente. Devemos perdoar sempre e a todos na plenitude do amor incondicional de Deus. É neste sentimento do amor de Deus que temos a capacidade de perdoar e este vai-se ampliando à medida que aplicamos a Palavra de Deus nas nossas vidas e damos o seu testemunho.
“Se alguém disser: ‘Eu amo a Deus’, mas tiver ódio ao seu irmão, esse é mentiroso; pois aquele que não ama o seu irmão, a quem vê, não pode amar a Deus, a quem não vê” (1Jo 4,20).
Aliás, o perdão é mais do que um sentimento, é uma atitude difícil, mas essencial a um seguidor de Cristo.
O Amor, que tantos ouvimos falar e tão almejado por todos, torna-se muito mais profundo, intenso, doce e suave se já tivermos exercido a prática do perdão total a tudo, a todos e a nós mesmos.
Somente, assim, podemos buscar uma vida nova em Cristo Jesus, buscando sempre no coração também os sentimentos de humildade. Não podemos viver tentados a termos uma fé ou uma doutrina só na mente, mas devemos abrir o nosso coração e colocá-la em prática.
A Missão proposta no Plano Pastoral para a Diocese de Coimbra, pelo Bispo, é bem coerente. É proposto que se formem “comunidades de discípulos para o anúncio do Evangelho”, que se proporcione “o encontro pessoal com Cristo através do primeiro anúncio”. Criar dinamismo de discipulado missionário nos membros da comunidade cristã, criar nos cristãos o ‘sentido de pertença eclesial’ e fomentar a corresponsabilidade pastoral nas Unidades Pastorais são outras das propostas do plano diocesano.
Concluo, afirmando que espero que, neste ano da fé, possamos ultrapassar juntos as tempestades e que consigamos exercer a nossa missão. O cumprir desta “tarefa” exige um caminho de conversão interior e pessoal, mais do que muitas orações e testemunho. Que Nossa Senhora do Rosário de Fátima interceda por cada um de nós cristãos, na busca constante de conversão e salvação!

Padre Laudo Corrêa

Deixe uma Resposta

Preencha os seus detalhes abaixo ou clique num ícone para iniciar sessão:

Logótipo da WordPress.com

Está a comentar usando a sua conta WordPress.com Terminar Sessão / Alterar )

Imagem do Twitter

Está a comentar usando a sua conta Twitter Terminar Sessão / Alterar )

Facebook photo

Está a comentar usando a sua conta Facebook Terminar Sessão / Alterar )

Google+ photo

Está a comentar usando a sua conta Google+ Terminar Sessão / Alterar )

Connecting to %s